Guia Jalapão (Pré-Viagem)

Jalapão, pouco conhecido e explorado começou a cair no gosto dos brasileiros (pelo menos eu comecei a ouvir falar com mais frequência) de uns 2 anos pra cá, recentemente uma novela Global que se passou nessa região trouxe ainda mais visibilidade para o local.

Eu já tinha muita vontade de conhecer antes mesmo de ficar mais famoso, mas não tinha tido oportunidade ainda.

No feriado prolongado de 31 de maio de 2018 (Corpus Christi) consegui uma passagem trocando as milhas do cartão de crédito e achei uma boa oportunidade para conhecer a região, foi ai que começaram a surgir as dúvidas e a principal delas é Será que vale a pena ir pra lá em poucos dias?, essa eu ainda não sei responder então volto aqui depois para contar.

Resolvi então fazer esse Guia Pré-Viagem pra me ajudar e pra ajudar outros viajantes que pretendem explorar a região.


[SOBRE O LUGAR]

O Parque Estadual do Jalapão, é uma região do cerrado brasileiro e é uma unidade de conservação brasileira que fica localizada na região leste do estado do Tocantins com cerca de 1.589 Km2 de extensão distribuídos pelos municípios de Mateiros e São Félix do Tocantins.

No Jalapão você irá encontrar um conjunto completo de fervedouros, cachoeiras, dunas douradas e paisagens incríveis.

Uma característica interessante da região é a produção de artesanato com capim dourado e seda de buriti que tornou-se a principal fonte de renda da região.


[QUANDO IR]

No Jalapão é calor o ano todo, girando em torno de 30 graus. Então neste caso a sua decisão deve ser baseada não pela temperatura mas sim pela época de seca ou chuva.

A estação seca vai de maio a setembro, sendo que entre maio até julho seria o ideal para a viagem pois a umidade do ar ainda não está tão baixa e o verde ainda pode ser observado na região.

A estação chuvosa vai de outubro a abril, sendo o auge das chuvas entre dezembro, janeiro e fevereiro, apesar do calor continuar intenso as chuvas podem atrapalhar alguns passeios.


[COMO CHEGAR]

Para chegar ao Jalapão você precisa primeiro ir até a cidade de Palmas no estado do Tocantins que fica a cerca de 300 Km das atrações principais.

O principal meio de se chegar até lá é por via aérea, comprando sua passagem até o Aeroporto de Palmas (Brigadeiro Lysias Rodrigues – PMW). Se você está partindo de São Paulo, Brasília ou Goiânia a boa notícia é que a sua cidade possui vôos diretos, se for de qualquer outra região o seu voo terá pelo menos uma escala e/ou conexão fique atento!

O preço de uma passagem para Palmas partindo de São Paulo varia entre R$ 300,00 à R$ 600,00, dependendo da época do ano;


[ONDE SE HOSPEDAR]

Se você seguir o meu conselho deste post você irá contratar uma agência de passeios que já terá as hospedagens incluídas no pacote, então durante a sua estadia no Jalapão não será necessário se preocupar com as hospedagens. Neste ponto eu vou dar dicas de hotéis para se hospedar em Palmas antes e depois da sua ida até o Jalapão.

Os hotéis da região de Palmas são simples mas você só precisará dele para dormir uma noite antes e uma depois do seu passeio, segue algumas opções:

  • Hotel Atlas II (vamos nos hospedar neste hotel e fazer um review depois)
    • Localização: Google Maps
    • Média da Nota nos Sites de Hospedagem: 7,6
    • Média de Preço nos Sites de Hospedagem: R$ 150,00
    • Comodidades: Café da Manhã, Wi-Fi, Ar Condicionado, Lavanderia e Estacionamento
  • Hotel Arco Iris
    • Localização: Google Maps
    • Média da Nota nos Sites de Hospedagem: 7,0
    • Média de Preço nos Sites de Hospedagem: R$ 170,00
    • Comodidades: Café da Manhã, Wi-Fi, Ar Condicionado e Estacionamento
  • Hotel Fit
    • Localização: Google Maps
    • Média da Nota nos Sites de Hospedagem: 8,2
    • Média de Preço nos Sites de Hospedagem: R$ 160,00
    • Comodidades: Café da Manhã, Wi-Fi, Ar Condicionado e Estacionamento
  • Pousada Girassóis
    • Localização: Google Maps
    • Média da Nota nos Sites de Hospedagem: 8,3
    • Média de Preço nos Sites de Hospedagem: R$ 180,00
    • Comodidades: Café da Manhã, Wi-Fi, Ar Condicionado, Piscina e Estacionamento
  • Zii Hotel Palmas (vamos nos hospedar neste hotel e fazer um review depois)
    • Localização: Google Maps
    • Média da Nota nos Sites de Hospedagem: 9,0
    • Média de Preço nos Sites de Hospedagem: R$ 200,00
    • Comodidades: Café da Manhã, Wi-Fi, Academia, Ar Condicionado e Estacionamento

[O QUE LEVAR]

No Jalapão o calor é intenso o ano todo e dependendo da época pode refrescar durante a noite então invista em roupas leves e se possível de secagem rápida, abaixo uma lista com alguns itens que não podem faltar na sua mochila, isso mesmo o melhor é levar uma mochila ou mala mais fácil de carregar (esqueça malas rígidas e de rodinha):

  • Óculos de sol;
  • Óculos de mergulho;
  • Protetor solar;
  • Repelente contra Insetos;
  • Produtos de higiene pessoal;
  • Toalha;
  • Casaco leve para a noite;
  • Boné;
  • Calçado (Tênis ou Bota de Trilha) caso vá fazer a trilha do Espírito Santo;
  • Chinelo;
  • Lanterna (pode ser a do celular)
  • Remédios;
  • Roupas leves;
  • Trajes de Banho;
  • Câmera Fotográfica; e
  • Dinheiro em espécie (considere em média R$ 100,00 por pessoa por dia, lembrando que não existem caixas eletrônicos e nem aceitam cartões, então é melhor garantir);

[PRINCIPAIS PONTOS TURÍSTICOS]

O Jalapão tem uma infinidade de pontos turísticos para serem visitados, abaixo vou colocar alguns principais para que no momento de escolher o seu roteiro, você saiba se ele está englobando todos os pontos desejados:

  • Cânion do Sussuapara: paredões de pedra de cerca de doze metros e altura cobertos com vegetação e ao fundo um pequena cascata de água;
canion-do-sussuapara
Foto da Monique Renne (Melhores Destinos)
  • Prainha do Rio Novo: um dos maiores Rios de água potável, é um ponto de parada da maioria do passeios;
prainha-do-rio-novo
Foto da Monique Renne (Melhores Destinos)
  • Dunas do Jalapão: dizem ser imperdível o por do sol nessas dunas
dunas-do-jalapao
Foto da Monique Renne (Melhores Destinos)
  • Cachoeira da Velha: é a maior cachoeira da região e ainda tem a opção de ser feito um rafting que permite sentir toda a potência das águas dessa cachoeira
cachoeira-da-velha
Foto da Monique Renne (Melhores Destinos)
  • Cachoeira da Formiga: está entre a mais bela cachoeira da região com sua água verde esmeralda
cachoeira-do-formiga
Foto da Monique Renne (Melhores Destinos)
  • Cachoeira das Araras: um queda d’água em meio a uma paredão de vegetação
cachoeira-da-arara
Foto da Monique Renne (Melhores Destinos)
  • Serra do Espírito Santo: Um trilha que te leva a um cenário espetacular para o Nascer do Sol
serra-do-espirito-santo
Foto da Monique Renne (Melhores Destinos)
  • Pedra Furada: outro cenário para o pôr do sol
pedra-furada
Foto da Monique Renne (Melhores Destinos)
  • Fervedouro Bela Vista: considerado o mais bonito do Jalapão
DCIM103GOPROGOPR4315.JPG
Foto da Monique Renne (Melhores Destinos)
  • Fervedouro do Ceiça: está entre os mais famosos da região e foi o primeiro a ser divulgado para o turismo
fervedouro-do-ceica
Foto da Monique Renne (Melhores Destinos)
  • Fervedouro Rio do Sono: tem um formato mais quadrado
fervedouro-do-rio-sono
Foto da Monique Renne (Melhores Destinos)
  • Fervedouro do Buritis: tem esse nome devido aos buritis que cercam o fervedouro
DCIM103GOPROGOPR4179.JPG
Foto da Monique Renne (Melhores Destinos)
  • Fervedouro do Buritizinho: tem o formato de uma gota
fervedouro-do-buritizinho
Foto da Monique Renne (Melhores Destinos)
  • Fervedouro do Alecrim: parecido com o Fervedouro Bela Vista se diferencia por sua cor mais verde
DCIM103GOPROGOPR4478.JPG
Foto da Monique Renne (Melhores Destinos)

[AGÊNCIAS DE PASSEIOS]

Abaixo segue algumas agências pesquisadas (lembrando que existem muitas outras):

  • Jalapão Expedições (Site) – Eu escolhi essa agência para o meu passeio pelo Jalapão, vou contar um pouco da minha experiência na volta;
  • Cerrado Dourado Expedições (Site);
  • Realize Tour (Site);

O valor dos passeios varia de acordo com a quantidade de dias, porém todos eles incluem transporte em veículo 4×4, hospedagem, café da manhã, almoço, jantar, lanches e água durante o dia e entrada nas atrações. Valor médio por pessoa vai de R$ 1.400,00 até uns R$ 3.000,00.


[DICAS GERAIS]

Aqui vão algumas dicas que são essenciais para a sua viagem ao Jalapão (pelo menos foram para o meu planejamento):

  • Não compre a passagem aérea sem antes saber se existem agências de passeios para as datas exatas da sua viagem! Como eu disse ali pra cima o Jalapão está bem famoso e concorrido e tentar uma viagem por conta própria eu acho loucura e na verdade nem sei se é possível!
  • Contrate um Guia Experiente ou uma Agência de Viagens para essa experiência, as estradas são ruins e mal sinalizadas, e a cobertura de telefonia móvel na região ainda é bem ruim;
  • Não esqueça de levar dinheiro em espécie pois pelo que li não existem caixas eletrônicos na região e nem mesmo os estabelecimentos aceitam cartões, a região é bem simples mais voltada para o Eco Turismo;
  • Se você morre de medo de passar fome como eu (Taurina né?, rs) compre algumas coisinhas como bolachas, salgadinhos que não irão atrapalhar na sua mala e te deixar mais seguro quanto a não passar fome, principalmente devido aos longos percursos de carro;
  • Leve seus medicamentos, a gente nunca sabe quando pode precisar;

Espero que este guia pré-viagem tenha te ajudado.

Um beijo e até breve…

Deixe uma resposta