Tudo sobre o Jalapão!!! – Parte 1

Antes de qualquer viagem eu gosto de ler sobre o local e saber quais são as minhas possibilidades o que tem de bom ou de ruim, e com o Jalapão, que está em alta, mas ainda pouco explorado não foi diferente, eu preparei um Guia Pré-Viagem (veja aqui) com todas as informações que eu tinha antes de me aventurar por esse destino incrível.

Agora com mais experiência de causa vou te contar tudo que você precisa saber para planejar e se programar para conhecer este destino.

Primeira dica, leia o meu Guia Pré-Viagem, o link está ali encima, ele me ajudou bastante e estava bem correto, nele você encontra a resposta pras seguintes dúvidas:

  • Onde Fica?;
  • Como Chegar?; e
  • Quando ir?

Agora vamos as novidades…

[QUANTOS DIAS FICAR?]

Conversando com o Miguel guia da nossa expedição, ele com 17 anos de experiência no Jalapão disse que o roteiro ideal para conhecer tudo que a região tem a oferecer deve ser de 5 a 6 dias.

Eu fiz o roteiro de 3 dias e não me arrependo, não conheci todas as atrações mas das principais que estavam em minha bucket list faltaram apenas duas (Pôr do Sol na Pedra Furada e Cânion Sussuapara) mas vamos sempre olhar pelo lado bom, isso me dá um bom motivo de voltar um dia pra esse lugar que tanto amei conhecer, ou vai dizer que toda viagem que você faz você consegue conhecer 100% dos lugares que desejava?

Então aqui venho dar minha opinião pessoal e responder a pergunta que me fiz neste post aqui, de que sim é possível ir ao Jalapão em um feriado prolongado de 4 dias e aí dependendo da sua flexibilidade com horários no trabalho e dos voos disponíveis fazer o roteiro de 3 ou 4 dias.

Importante: Você precisa ficar atento ao horário do voo e possivelmente considerar chegar em Palmas um dia antes e ir embora um dia depois!

[O QUE FAZER?]

O Jalapão é considerado o mosaico brasileiro com seu chão de terra batida em contraste com o céu colorido no fim de tarde e as águas cristalinas dos fervedouros e cachoeiras, abaixo fotos dos lugares que visitamos e o que faltou na nossa viagem, para que você não deixe faltar na sua.

  • Cachoeira da Velha: é uma cachoeira apenas para observação, e a força da água impressiona, existe também a opção de fazer Rafting nas águas do Rio Novo onde fica esta cachoeira;
  • Prainha do Rio Novo: Em uma Prainha de água doce formada a beira do Rio Novo, existem algumas ao longo do Rio, nós tivemos o privilegio de ficar em uma particular pois não tinha mais ninguém além do nosso grupo. Água cristalina, muitos peixinhos, muitos mosquitinhos e paz;
  • Serra do Espírito Santo: Existe a opção de fazer uma trilha para assistir o nascer do sol do topo da Serra do Espírito Santo, este é um passeio a parte que deve ser pago quando você e seu grupo decidirem se irão ou não fazer o passeio. Nós não fizemos mas deve ser incrível pelas fotos que vi na internet. A trilha dizem durar cerca de 40 minutos e o custo por pessoa para subir gira em torno de R$ 100,00, a saída para o passeio é as 04h da manhã;
  • Dunas do Jalapão: A única Duna eólica conhecida no Mundo formada em meio as rochas da Serra do Espírito Santo, é linda e proporciona um pôr do sol espetacular;

7F8002EF-10BF-4FFE-9BD9-7E27965E5E2D

  • Fervedouro do Ceiça: Um fervedouro que fica no meio de uma vegetação bem fechada, e o sol quase não consegue chegar até ele, tem um único “olho” que fica localizado mais ao fundo do fervedouro e a sensação mais legal é você correr em direção ao fundo e sentir afundar e logo na sequencia flutuar com a força da água que brota do chão;
  • Fervedouro do Buriti: Este fervedouro é um pouco mais fundo que o anterior tem um “olho” maior e mais fácil de perceber e tem alguns outros pontos menores que a medida que você vai pisando o chão vai se abrindo e criando novos pontos;
  • Fervedouro Rio Sono: Um fervedouro menor que o anterior e este não possui nenhum grande “olho” possui vários pontos menores, ele também é bem cercado pela vegetação e o sol só bate nele bem ao meio-dia quando o sol está alto;
  • Cachoeira da Formiga: Essa cachoeira foi a mais cheia que visitamos, ela tem uma boa estrutura, um área para fazer churrasco, um restaurante logo na entrada, sua água transparente e uma queda d’água pequena porém super forte e gostosa, ótima para tirar todas as energias negativas;
  • Fervedouro Buritizinho: o próprio nome no diminutivo já diz que ele foi um dos menores que visitamos e em um formato super diferente, tem um único “olho” concentrado na parte mais ao fundo do fervedouro;
  • Fervedouro do Alecrim: Esse é um fervedouro grande, maior do que os anteriozes,  possui um único grande “olho” e foi onde eu senti a água mais quentinha, mas só bem ali onde a água brotava do chão depois logo já se misturava a água fresca do rio;
  • Fervedouro Bela Vista: O mais famoso de todos os fervedouros, devido a uma cena gravada em uma novela da globo neste local, é realmente lindo e possui 9 diferentes “olhos” onde o mais bacana é ir conhecendo a aproveitando a diferença de cada um deles;
  • Cachoeira das Araras: Uma cachoeira deliciosa acessada através de um trilhazinha super tranquila de nem 2 minutos, com duas quedas d’água altas e estreitas, cercada pelos paredões de pedra e vegetação;
  • Rio Sono: O acesso ao Rio Sono para fazer um flutuação circular ali com a força da correnteza do Rio, foi feita pela pousada EcoLodge, que fica ali bem perto do acesso a Serra da Catedral;

57CA1AF3-6B47-4669-BC68-328F2B3ECD91

  • Cachoeira do Lajeado: Essa cachoeira faz parte do roteiro do quarto dia, que nós não participamos mas nosso guia Miguel mandou umas fotos pra nós.

190F3C5C-6CA6-4948-97C2-002125119673

  • Pedra Furada (ao Pôr do Sol): Ótima localização para vislumbrar o pôr do sol, também fez parte do dia 4 do passeio;

C6E6FDC8-D07F-4924-9B0D-8C40ADDEE0D6

  • Cânion Sussuapara: Formações rochosas e muita vegetação ao redor, também ficou bem famosa por fazer parte da abertura da novela da Globo;

Essas são as atrações normalmente visitadas em um passeio de 3 ou 4 dias, existem muitas outras cachoeiras e fervedouros e atividades para se fazer e conhecer no Jalapão.

[O QUE LEVAR NA MALA?]

Já falei um pouco sobre a mala no Guia Jalapão (Pré-Viagem) e também no Instagram (@apenas_viaje), agora pós viagem preparei um post completo só com o que é essencial para esta viagem, mas já te adianto uma coisa roupas leves e repelente são itens essenciais, rs…

Faz muito calor no Jalapão então durante o dia aposte em shorts, camiseta e chinelo e por baixo biquíni, maio ou sunga. Para a noite basta acrescentar um casaco leve, pois em algumas épocas do ano as noites podem ser frescas (não frias, rs)

eb1695a3-4976-4954-accb-2c58aace925a

Veja aqui O que levar na mala para o Jalapão?!!!

E ai gostou das dicas? Deixe seu comentário que eu já estou preparando a Parte 2 com mais dicas e informações pra você!!!

Beijos e até breve…

Deixe uma resposta