Dia 3 – Jalapão: O Dia da Água, Terra e Fogo

No terceiro e último dia já acordamos com aquela sensação de despedida, mas ao mesmo tempo muita expectativa para este último dia, pois ainda íamos conhecer mais dois fervedouros, uma cachoeira e ainda uma parada para foto na Serra da Catedral.

A primeira parada do dia foi o Fervedouro do Alecrim, ainda era cedo e o sol não estava conseguindo cruzar as barreiras das árvores, mas este foi um dos fervedouros que eu senti a água mais quentinha saindo dele, mas não se engane a água fica quente só na parte dos pés que você consegue colocar dentro do que eu chamo de “olho” do fervedouro…

GOPR6880 1

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nos conseguimos ficar um bom tempo, porque este fervedouro permite até 10 pessoas, por ser maior que os outros, então quando chegamos tinha um grupo de 4 pessoas e nosso grupo era de 6, então foi perfeito não precisamos esperar e por ser um fervedouro grande foi super tranquilo pra aproveitar…

A próxima parada foi o Fervedouro Bela Vista, o nome já remete as belezas deste lugar que ficou mais conhecido por fazer parte de cenas de uma novela global (O Outro Lado do Paraíso).

G1106944 1

O Bela Vista é grande como o Fervedouro do Alecrim, e possui cerca de 9 “olhos” diferentes, uns maiores, outros menores, com mais intensidade, é muito divertido ir em buscas de todos para ter a sensação de cada um, além claro de relaxar, e tentar tirar algumas fotos bacanas, porque a cor dessa água permite e pede uma boa foto…

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Bela Vista foi o nosso último fervedouro e deu uma dor no coração quando nosso guia disse Vamos!!!, rolou até uma vontade de me esconder por ali no meio do mato, rs….

A próxima atração foi a Cachoeira da Araras com duas quedas d’água cercadas por um paredão de pedras e muita vegetação, pra chegar até ela você tem que fazer uma trilha de uns 2 minutos ouvindo o barulho da cachoeira.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Depois de limpar a alma com um banho de cachoeira, fomos almoçar no restaurante do Sr. Hélio (a cachoeira fica dentro da propriedade dele), um gaúcho mega simpático com uma visão de futuro que me deixou de queixo caído,ele não tem energia elétrica ainda e recebe

Frase do Sr. Hélio “Feliz é quem fica velho”

os grupos para almoço mediante reserva, e mesmo assim pega opinião de todos que passam por lá desde 2012 e com isso ele vai melhorando o seu serviço na medida do possível, e tem planos inclusive pra quando a energia elétrica chegar de abrir uma pousada, uma lição de empreendedorismo e expectativa de vida.

Contato do Sr. Hélio: (63) 99952-0011 ou (63) 99937-1012

Facebook: Cachoeira da Arara

Este slideshow necessita de JavaScript.

Após o almoço ficamos um tempinho por lá,

IMG_0377.JPG

pra dar aquela descansadinha pós almoço e seguimos rumo a Serra da Catedral, olha essa turma voando em frente ao nosso carro que incrível. Depois de um curto trecho chegamos em um ponto da estrada onde paramos e sentimos todo o calor do Jalapão sobre as nossas cabeças, hahaha, era umas 14h e o sol estava com toda sua força, nós tiramos algumas boas fotos por lá e corremos de volta para o conforto do ar condicionado do carro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nossa viagem estava chegando ao fim, pois como expliquei nestes dois posts (Tudo sobre o Jalapão!!! – Parte 1 e Tudo sobre o Jalapão!!! – Parte 2) nosso grupo seguiu por mais um dia e nós fomos embora pois o nosso voo saia de Palmas no Domingo. Então fomos até o hotel que o nosso grupo ia ficar naquela noite e foi ai que fiquei com a maior inveja, rs, porque o hotel era super bacana, com um conceito super ecológico e diferente, mas o nosso transfer que foi na verdade o próprio Henrique da agência que foi nos buscar atrasou (ainda bem!!) e nós conseguimos curtir um pouco do hotel.

O hotel chama Jalapão Ecolodge (Facebook), e fica bem próximo a Serra da Catedral, os quartos são chamados Buritibanas (cabanas feitas com folhas e troncos de Buriti, confesso que essa associação não me veio de primeira, hahahaha, muito sol na cabeça), para estes quartos o banheiro é compartilhado, mas não chega a ser um problema porque são apenas 4 cabanas e eles tem uma única suíte com banheira e vista para Serra da Catedral, veja algumas fotos da estrutura da Pousada.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A pousada oferece várias atividades como, flutuação e boia cross no Rio Soninho, passeio de Bike, nascer e pôr do sol na Serra da Catedral e algumas outras trilhas pela região, esses passeios são todos guiados e pagos a parte.

Como estávamos de bobeira e o calor era grande aproveitamos para fazer a flutuação no Rio Soninho e foi bem refrescante ficar ali sendo levado pela correnteza do rio em um fluxo circular muito refrescante.

Este slideshow necessita de JavaScript.

E essa foi a nossa última atividade no Jalapão, encerramos com chave de ouro…mas não antes de admirar da estrada mesmo o pôr do sol que vai fazendo uma pintura no céu…

Este slideshow necessita de JavaScript.

Espero que tenham curtido a nossa viagem pelo Jalapão tanto quanto nós….

Não deixe de ver como foram os outros dias da nossa viagem:

Dia 1 – Jalapão

Dia 2 – Jalapão

Beijos e Até Breve…

2 pensamentos

  1. Pingback: Dia 1 – Jalapão
  2. Pingback: Dia 2 – Jalapão

Deixe uma resposta