Dia 11 – Phi Phi Island: como chegar, onde se hospedar e as primeiras impressões do paraíso!

Finalmente chegou a hora de conhecermos Phi Phi Island um dos destinos mais esperados desta viagem. Nós partimos de Koh Lanta, fechamos um transfer e barco no próprio hotel que estávamos hospedados (Twin Lotus Resort & Spa – Koh Lanta), o transfer incluída transporte até o porto e o Ticket do barco até Phi Phi, pagamos THB 1.000 pra duas pessoas.

O transporte até o porto foi um pouco desconfortável primeiro porque foi naqueles carros estilo uma S10 cabine dupla onde eles adaptaram a caçamba com dois bancos laterais e ali tinha que caber 12 pessoas mais as malas…. e pra nossa alegria uma casal tinha levado malas de rodinhas bem grandes por sinal que ocuparam todo o espaço de malas do carro e nós fomos literalmente com as malas emcima de nós, o melhor a mala dos outros e as nossas todas jogadas por cima de nós em um calor de 30 graus.

Veja aqui o post sobre que tipo de mala e o que levar para Tailândia:
Tailândia – Mala de Rodinha, Mochila ou Mochilão? O que levar afinal?

Vencida a etapa do transporte ate o porto começou mais um perrengue:

  • Descobrir qual seria o nosso barco;
  • Achar um lugar pra ficar sem atrapalhar o fluxo, estava muito muito cheio;

O caos se instaurou mesmo quando chegou o barco de Phi Phi cheio de pessoas descendo e nos lá aguardando pra pegar esse mesmo barco para voltar pra Phi Phi…. o barco estava muito muito muito lotado, pessoas sentadas na parte de cima no sol, eu so conseguia pensar que precisava pegar um lugar com sombra pelo menos rs…

Ainda bem que deu tudo certo, nós largamos nossa mala junto com todas as outras literalmente jogadas uma por cima das outras e sentamos perto da janela e perto de um ventilador pq o calor estava intenso, e assim fomos, levamos cerca de 1 hora de barco até até Phi Phi….

Na chegada, o caos se instaura novamente, porque todo mundo quer descer ao mesmo tempo e pegar as malas que estão todas amontoadas, então até você conseguir localizar e pegar a sua mala leva um tempo, mas tudo dá certo no final, achamos as mochilas e pegamos a direção do píer onde já havia um rapaz do nosso hotel com um plaquinha nos esperando ali mesmo… 

IMPORTANTE: sempre avise ou verifique com seu hotel em Phi Phi o horário que o seu barco chega, nem sempre o seu hotel será perto, e muitos hóteis enviam barcos ou alguém pra te ajudar com as malas até o hotel, porque em Phi Phi você vai caminhando para todos os lugares, não existe transporte. Tem algumas poucas motos mas da população local não para o seu transporte.


[COMO CHEGAR]

Pra chegar em Phi Phi, você obrigatoriamente terá que pegar um barco, afinal de conta estamos falando de uma ilha, rs…

Veja na imagem abaixo que é uma ilha banhada pelo Mar de Andamam e fica quase que centralizada entre Phuket, Krabi e Koh Lanta, então minha sugestão é que programe para que seu destino anterior a Phi Phi seja um destes, veja algumas opções de combinações de rota passando por Phi Phi:

  • Se você for até Koh Lipe, como foi o meu caso, sugiro que vá primeiro pra lá e depois vá subindo, parando para aproveitar alguma das ilhas no caminho (Veja algumas opções aqui), pare uns dias em Koh Lanta e continue até Phi Phi e depois Krabi, Phuket ou as duas conforme a sua preferência;
  • Se estiver vindo de Bangkok ou Chiang Mai você pode pegar um voo para Phuket ou Krabi e ai chegar até Phi Phi, se tiver mais dias pode pensar em fazer a chegada por Krabi, passar por Railay Beach, Phi Phi e depois ir para Phuket por exemplo ou fazer a rota contrária;

Não se preocupe pois os tickets para os barcos você pode comprar chegando no local mesmo, não deixe pra comprar na hora de embarcar, mas pode usar a estratégia que usamos, sempre que eu chegava em um lugar já comprava o ticket para o dia da saída, não acho que valha a pena comprar na internet.

Só fique atento pois os barcos normalmente tem horários específicos de um local para outro mas você pode tirar uma ideia dos horários para montar o seu roteiro verificando por este site da 12Go Asia (site).

Decidir o roteiro pra Tailândia não é fácil são muitas opções lindas e tudo vai depender do seu tempo disponível.


[ONDE SE HOSPEDAR]

Para escolher onde se hospedar em Phi Phi é importante entender um pouco da ilha e vou ilustrar com a imagem abaixo para facilitar o entendimento.

Phi Phi Island Map
Koh Phi Phi Don

Ton Sai Bay: É a região do píer por onde você irá chegar, para a esquerda do píer existem algumas opções de hotéis e restaurantes, é uma região super tranquila e fica a poucos minutos a pé do agito e do centrinho de Phi Phi, nós ficamos hospedados nessa região e indico muito;

Opções de Hotéis em Ton Sai Bay:

Loh Dalam Bay: É a região do agito, onde tem a maior parte das festas a noite, com bares e shows de pirofagia, com um passo você estará no centrinho agitado, cheio de lojinhas e restaurantes;

Opções de Hotéis em Loh Dalam Bay:

Laem Him, Long Beach e Laem Pho: Região fica um pouco afastada do píer a pé você irá levar cerca de 30 minutos, ou então pode pegar um barco para facilitar, é uma região bem tranquila para se hospedar;

Opções de Hotéis em Laem Him, Long Beach e Laem Pho:

Loh Lanna Bay e Loh Bagao Bay: Região onde ficam localizados os principais resorts de luxo da ilha, e para ir ao centro de Phi Phi é necessário pegar um barquinho;

Opções de Hotéis em Loh Lanna Bay e Loh Bagao Bay:

Centro da Ilha: Região preferida dos mochileiros, com grande quantidade de hostels, bares, restaurantes e agito, assim como a região de Loh Dalam Bay;

Opções de Hotéis em Centro da Ilha:


[PRIMERAS IMPRESSÕES DA ILHA]

Assim que chegamos no píer pegamos o barquinho do Hotel que estávamos hospedados o Phi Phi Cliff Beach Resort (Em Breve Review do Hotel), ficamos boquiabertos com a vista do quarto e decidimos ir comer alguma coisa e fazer um reconhecimento da região, fechar os passeios para o dia seguinte, trocar dinheiro e comprar algumas coisinhas para comer.

Na nossa caminhada descobrimos muitas coisas curiosas, como o pronto socorro e a ambulância de Phi Phi.

Tomamos um sorvete muito famoso, que é feito ali na hora emcima de uma chapa gelada, o rapaz mistura uma série de ingredientes e o ponto alto do sorvete é realmente ver ele sendo feito.

Eu fiz uma massagem maravilhosa nas pernas, depois de ficar o dia todo quase em trânsito de Koh Lanta até Phi Phi.

Nós fechamos o passeio privado para Maya Bay ali próximo do hotel mesmo, pois isso iria facilitar, a saída para o passeio, e o preço foi bem dentro da expectativa pelo que havia pesquisado na internet.

A noite fomos conhecer a região do centro, e o mais legal é ir andando pelas ruas, e virando em cada lugar que encontrar e se perder pelas ruazinhas estreitas cheia de vida e festa de Phi Phi.

Tomamos o famoso Bucket que é um baldinho de praia cheio de bebidas e fomos até a praia assistir o show de pirofagia que acontece na praia mesmo no Slinky Bar.

Eu não precisei ir a Maya Bay e a nenhum outro passeio para saber que Phi Phi tinha entrado para a lista dos meus lugares preferidos do Mundo, uma vibe incrível de festa e gente feliz, em harmonia com a simplicidade e exuberância da beleza natural da região.

Não deixe de ficar hospedado pelo menos duas noites nessa região para sentir a real energia do lugar, existem passeios de um dia partindo de outros locais, mas confie em mim não vale a pena, Phi Phi Island merece atenção e mais dias para sentir.


[GASTOS DO DIA]

Gasto do Dia para 2 pessoas:

  • Transfer Koh Lanta >> Phi Phi: THB 1.000
  • Taxa Ambiental: THB 20
  • Almoço (Bar Phi Phi Cliff): THB 760
  • Sorvete: THB 120
  • Passeio Privado (6 horas – Maya Bay): THB 3.000
  • Foot Massage: THB 200
  • Bucket (Balde de Bebida): THB 350
  • Pizza (2 pedaços): THB 160

Total em THB: 5.610,00

Total aproximado em Reias: R$ 561,00

Beijos e Até o Próximo Post….

4 pensamentos

  1. Faltam só 2 meses para a minha viagem à Tailandia, foi difícil escolher o percurso e depois de muitas voltas as Phi Phi ficaram de fora, o excesso de turismo tirou-me um pouco a vontade de as conhecer, ganhou Ko tao ainda não sei se fiz bem… depois venho aqui contar

Deixe uma resposta